Fugas - mundo

Pub

Birmânia

Pub
  • Viagens cidades

    Birmânia e Tailândia inesquecíveis

    Por Maria Calado e Guilherme d’Oliveira Martins Fotografia por CNC/Helena Serra

    A viagem do Centro Nacional de Cultura levou os participantes ao Sião e Sirião, que atraíram os lusitanos ao longo de vários séculos.

  • Viagens natureza

    Sete dias na vida dos intha, os astuciosos filhos do lago

    Por Sousa Ribeiro

    Exótico e misterioso, o lago Inlé, na Birmânia, é fonte de inspiração e de lendas intermináveis, um cenário por onde se passeiam algumas das minorias que dão vida às aldeias e mercados. E, pelo meio, elegantes e silenciosos mosteiros.

  • Viagens

    João e Rui viajam pela Ásia à procura da "liberdade total"

    Por Ana Maria Henriques Fotografia por DR/Searching for Lotus

    Querem 'um novo estímulo, um agitar de alicerces'. São três meses de viagem sob o mote 'Searching for Lotus'. João Fernandes e Rui Ferreira já partiram e vão relatando a aventura.

  • Viagens cidades praia

    Birmânia, para quem ainda sonha com o paraíso

    Por Sousa Ribeiro (texto e fotos)

    Após mais de meio século de ditadura, um dos países mais fechados do mundo começa a abrir as suas portas aos turistas, revelando belezas ocultas e inimagináveis, bem como o sorriso eterno de um povo perseverante. Ngapali Beach, com as suas palmeiras bordejando areias brancas e águas cristalinas, é o protótipo da beleza natural, um território ainda pouco explorado, um segredo que não devia ser revelado.

  • Viagens

    Uma longa viagem pela Birmânia

    Por João Almeida Fotografia por João Almeida

    Por vezes a fuga mais divinal é também a mais acidentada. Quando acordei às três da manhã em Nyanung Shwe sabia que me esperava uma longa viagem, mas quando o tuk-tuk parou em frente ao autocarro que me ia levar a Bagan percebi o quanto ia ser agitada.

  • Viagens

    A redescoberta da Birmânia

    Por Fugas Fotografia por Damir Sagolj/Reuters

    Por força da clausura e mão-de-ferro do Governo, a Birmânia, apesar de alguma recente abertura ao turismo, continua a ser pouco conhecida e visitada. Ainda antes das eleições de 1 de Abril, que voltaram a pôr os olhos do mundo no país e que por fim permitiram a eleição da Nobel da Paz Suu Kyi, já a oposição democrática birmanesa apelava às visitas. "Queremos que as pessoas visitem a Birmânia, não como forma de ajudar a Junta mas como forma de ajudar o povo", sublinhava Win Tin, apoiante político de Suu Kyi. A fotogaleria mostra-nos cenas da vida quotidiana do povo birmanês.

--%>