Fugas - notícias

  • DR
  • DR
  • DR
  • DR
  • DR
  • DR
  • DR
  • DR

Que templo egípcio é aquele ao pé do castelo de Óbidos?

Por Fugas

Parece, mas não é. O milenar templo dedicado a Ramsés II em Abu Simbel continua no Egipto. Já uma réplica em tamanho quase real do monumento, museu incluído, poderá ser visitada, até final de Outubro, junto à cerca do castelo de Óbidos.

Já esteve uns dias à experiência na Feira Internacional de Artesanato de Peniche, em Agosto, e agora ergue-se em Óbidos. São as primeiras paragens de uma espécie de tour nacional planeada para a réplica do templo dedicado a Ramsés II no complexo de Abu Simbel, no Egipto.

Inaugurado oficialmente na terça-feira, impôe-se agora junto à cerca do castelo, no terreiro de Santiago. Construído em tamanho quase real, o complexo inclui um museu com 12 metros de largura por 21 de comprimento, onde é apresentada a exposição "O Tesouro dos Faraós".

A réplica, "ao detalhe", é composta por quatro zonas: a fachada, duas salas chamadas de "pilares" - onde se encontram várias estátuas - e o santuário. Levou cinco anos a ser construída mas, apesar de pesar globalmente cerca de quatro toneladas, apenas uma semana a ser montada no local.

A iniciativa de mostrar esta réplica monumental partiu de Saleh Torky, comerciante egípcio a residir em Portugal há mais de 15 anos, segundo dados do projecto. Para conseguir concretizar este museu itinerante, informam, foi necessário contratar no Egipto uma equipa especializada na reprodução de obras de arte em acrílico.

"A dimensão do templo foi também mais uma dificuldade, uma vez que o mesmo tem uma riqueza enorme de pormenores: nas colunas, nas paredes, no tecto e nas próprias estátuas", sublinham. Terminada a construção, passou-se a outra "dificuldade": transportar as várias partes que compõem o templo em contentores num navio. Fase seguinte, a montagem, que implica a presença de cinco dos profissionais envolvidos na construção inicial deste gigantesco puzzle.

O templo original de Abu Simbel -  escavado numa rocha lisa de arenito, com fachada de 33m de altura e 38m de largura -, tem quatro estátuas de 20m a protegê-la representando Ramsés II. É considerado por muitos não só o maior mas também o mais belo dos templos egípcios.

Datado do séc. XIII a.C., está na região de Núbia, sul do Egipto, no banco ocidental do Nilo, perto da fronteira com o Sudão, a 300km de Assuão (originalmente, estava noutro local mas a construção da barragem de Assuão levou à sua mudança, já nos anos 60, com apoio da UNESCO, para evitar ficar submerso).

__
Informações: o templo-museu fica em Óbidos até 31 de Outubro, podendo ser visitado todos os dias das 09h às 20h. Os bilhetes custam 5€ para casal ou bilhete familiar (casal e filhos), 3€ para bilhete individual e 1,5€ para bilhetes de grupos. www.obidos.pt

--%>