Fugas - notícias

  • DR/Projeto Capella
  • DR/Projeto Capella
  • DR/Projeto Capella
  • DR/Projeto Capella
  • DR/Projeto Capella
  • DR/Projeto Capella
  • DR/Projeto Capella

Teatro e produtos regionais percorrem aldeia de Arroios

Por Mara Gonçalves

Artistas e população local dão corpo a um projecto teatral que percorre, este sábado, os caminhos da pequena aldeia localizada em Vila Real. Iniciativa termina com um mercado de produtos regionais.

Esta será a sexta edição do Projeto Capella, nascido em Abril para dinamizar actividades artísticas e culturais na capela de Arroios, classificada como monumento de interesse público desde 1993 e restaurada em 2013.

Desde então, o pequeno santuário de fachada barroca, núcleo urbano e social de uma freguesia com pouco mais de 1100 habitantes (Censos de 2011), abre as portas ao terceiro sábado de cada mês para trazer "a cultura, nas suas mais diversas manifestações, à aldeia".

A ideia da organização passa igualmente por envolver a população local nas diferentes iniciativas e atrair a Arroios novos visitantes em passeio pelo Douro e Trás-os-Montes. Para que, do "cruzamento entre estas experiências", se veja "nascer, ao redor do monumento,uma bolha cívica ímpar, um sítio de encantamento", lê-se na página do Facebook.

É, por isso, na capela da localidade que, ao longo desta semana, se vai desenrolar um workshop com locais e visitantes interessados em participar no espéctaculo teatral. Em conjunto, vão criá-lo e, no sábado, dar-lhe corpo pelas ruas de Arroios, procurando responder ao mote inicial – o que acontecia nesta aldeia antes de haver tecnologia?

O resultado final, com o nome Antes que te esqueça, será apresentado no dia 17 de Setembro, às 18h. A iniciativa está a cargo das artistas portuenses Alexandra Natura e Ana de Jesus Oliveira, com "experiência no desenvolvimento de projectos teatrais com cidadãos comuns".

Tal como nas edições anteriores, o evento termina com um mercadinho no largo da capela, onde serão vendidos petiscos regionais, hortícolas locais, artesanato e vinhos do Douro e do Porto. Entre as empresas habitualmente presentes encontram-se, por exemplo, a livraria Traga Mundos, os vinhos Quinta do Infantado, Mapa e Xi Coração, a pastelaria Lapão ou os produtores Rupestris, Ervas Finas, Malcriado, Covello (mirtilos) e Horta do Alvão (produtos biológicos).

Em Outubro, as portas do santuário voltam a abrir-se à cultura no dia 22. Será a última edição deste ano, a cargo de David Ramos, um jovem rapper de Vila Real, com “três mixtapes editadas: Origem, 596 e Visões”.

O Projeto Capella apresenta-se como uma “iniciativa de desenvolvimento local com base na cultura” e é organizado pela junta de freguesia de Arroios e pelo alltodouro – projecto de animação turística e cultural desenvolvido pela Greengrape. Conta ainda com a colaboração do grupo Cronópios e Famas, do Teatro Municipal de Vila Real e da Estalagem Quinta do Paço. 

--%>