Fugas - restaurantes e bares

  • DR
  • DR
  • DR
  • DR
  • DR
  • DR

As Joanas à conquista do Intendente

Por Alexandra Prado Coelho ,

Chama-se O das Joanas porque é um projecto de duas Joanas (uma Vaz da Silva, outra Synek). Ligadas profissionalmente ao cinema, abrem o primeiro café do renovado Largo do Intendente, em Lisboa. O filme inclui petiscos, animação e esplanada.

Depois de uma pré-inauguração ainda não oficial no fim-de-semana passado, O das Joanas abriu portas na quinta-feira e, dentro e fora de portas, já se dedica a servir refeições leves, tostas, saladas, sumos, vinho e petiscos vários.

Aproveitando o facto de estarem junto à Mouraria, a zona mais multicultural da cidade, vão ter alguns pratos que reflectem as gastronomias locais, usando por exemplo o pão nan da mercearia indiana, que servirão nas mesas da esplanada decoradas com capulanas africanas.

Para as Joanas esta é uma estreia absoluta. As duas amigas vêm da produção de cinema, trabalharam juntas noutros projectos, mas nunca tinham tido um café. Por isso, quem passasse nos últimos dias pelo renovado Intendente, mesmo ao lado do local onde o presidente da Câmara, António Costa, se instalou em Abril do ano passado, com o objectivo de fazer renascer um dos espaços mais degradados e esquecidos de Lisboa, poderia ver as Joanas atarefadas a telefonar aos fornecedores e a testar a melhor forma de colocar a esplanada na rua.

"A nossa ideia é ter, para além do café, um projecto cultural", explica Joana Vaz da Silva. Foi quando há uns tempos se mudou para a zona que começou a perceber a movimentação que estava a acontecer em torno do largo e a ver que havia uma aposta da Câmara.

Começou, juntamente com a Joana Synek, a pensar em abrir um espaço aqui e rapidamente encontraram esta antiga taberna que estava fechada há já algum tempo - "contam-nos que tinha um balcão corrido, onde se vendiam bifanas" que faziam muito sucesso.

Depois foi preciso adaptar o espaço - no interior o café é pequeno, mas a ideia das Joanas é abrirem-se o mais possível ao largo, não só com a esplanada mas com uma programação cultural que ainda está a ser pensada.

"Temos muitas ideias", diz Joana Vaz da Silva, mas ainda estão a fazer contactos com outras associações para poderem coordenar as iniciativas e evitar sobreposições.

Para a inauguração, as Joanas recebem uma exposição de fotografia de outra Joana: são os "Diários da Mouraria" por Joana Linda (até 19 de Agosto). 

--%>